Legião Urbana. O Descobrimento do Brasil

Essa capa é de autoria do Zerbini, Barrão e Fernanda Pacheco. Eu apenas fotografei a idéia deles.  Deve ter dedo do Renato tambem.. ele era muito consciente de todos os aspectos dos discos, tinha uma cultura Rock e Pop vastissima e nõa dava ponto sem nó. A estetica medieval que alude ao rock progressivo, a figura que ele encarna, de monge, me parecem dizer muita coisa importante para o Renato. Nada é a toa. Nem as flores que n˜øa sei se ele pegou do MOrrissey que as usava como antitese ao machismo do Rock.

A foto foi uma mega produção: alugamos um galpão, enchemos de flores e eu, burramente, iluminei com  luzes quentissiams de cinema. Eu e o Maneco Quinderé. Flores nõa foram criadas para resistir a 8.000 watts de luz incandescente. Por outro lado, a luz incandescente dá uma luz muito mais bacana do que flashes para uma foto como essa.. enfim, as flores agora estão mortas.

 

 

Anúncios

2 Comentários to “Legião Urbana. O Descobrimento do Brasil”

  1. nossa!!!! que produção!!! A frase ‘8.000 watts de luz quentissimas de cinema’ me deixou excitado!! luz de cinema,é o único tipo de luz que me interessa. lindo.

  2. É um dos trabalhos que mais aprecio da banda Legião Urbana, pois trás um Renato Russo de bem com a vida! E a capa é belíssima, parabéns pelo excelente trabalho!
    Cordial abraço, saúde e muita paz!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: