Lobão

Uma coisa eu aprendi convivendo com as pessoas, trabalhando com elas: aparentamos algo e somos o oposto. Tz porque fantasiamos uma outra identidade? Enfim, somos muito complexos. Lobão é um cara que manda um discurso tipo “tomem cuidado comigo!” Ele é visto como um terrorista, um cara que bate sem hesitar… um maldito, decadente. Olhando esse retrato, encontro uma expressão doce: um  ser aberto, receptivo, humilde. Inconscientemente, ele posou e eu o fotografei parecido a um santo. Lobão, que dedicou um tempo considerável ao vicio e ao mau comportamento, revela um aspecto espiritualizado, despojado, iluminado e humilde na fotografia.  Quem será o verdadeiro Lobão: o que ataca ou esse, indefeso? Salve a fotografia e a revelação.

Anúncios

4 Comentários to “Lobão”

  1. é, aqui nessa foto parece doce como o Paul mac Cartney segurando o filho em uma foto antiga de capa de LP ou quase uma gisele bunchen sando do banho

  2. sim!!! geralmente, no meu caso quase sempre, passamos uma Imagem ‘falsa’ do que somos. mas gosto disso mesmo, de enganar, criar uma persona. artista sem persona não é nada. troco mil litros de talento e verdade por uma gota de personalidade. foto linda. lobão gato! acho que ele é os dois. a bela e a fera. o medico e o monstro. AMO.

  3. Que lindo esse retrato…sua sensibilidade me fascina!

  4. Sempre também pressenti o cordeiro sob a pele do lobo…Com ele me relacionei e fiz laços. Mais uma vez, vc radiografa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: